timidez e fobia social

Timidez e fobia social: entenda a diferença

Timidez e fobia social são dois fenômenos com características semelhantes e facilmente confundíveis. Nesse sentido, a sensação de desconforto ao entrar em um lugar cheio de desconhecidos é uma reação comum a qual todos estamos suscetíveis. No entanto, a privação desses encontros, levando ao isolamento, pode ser um indício de fobia social.

Contudo, em função de algumas semelhanças no comportamento, existem muitas dúvidas sobre a diferença entre timidez e fobia social. Neste sentido, preparamos este post para explicar um pouco mais sobre o tema.

O que é a fobia social?

A fobia social é um transtorno relacionado ao excesso de ansiedade ou ao medo do julgamento de terceiros. Dessa forma, os pacientes tendem a se preocupar com a resposta de outros diante das suas atitudes.

Com isso, evitam as relações sociais e buscam o isolamento. Caso haja a necessidade de socializar, tendem a gaguejar, sentem falta de ar, náusea, sudorese e até alteração no ritmo cardíaco.

Além disso, quem sofre com fobia social costuma reconhecer que o seu medo é irracional e excessivo, mas se sentem impotentes para controlar sua ansiedade. A origem dessa condição ainda é alvo constante de estudos científicos.

No entanto, acredita-se que seja uma doença provocada pelo ambiente em que o paciente está inserido. Nesse sentido, a fobia social pode ter relação com algum trauma sofrido na infância, como bullying, rejeição ou ridicularização por parte dos pais, amigos ou familiares.

Quais os sintomas mais comuns?

O quadro de fobia social é caracterizado pela exacerbação da timidez e do medo. Por isso, os sintomas vão além do desconforto e da ansiedade. Quem sofre com esse transtorno tende a evitar atividades rotineiras, como entrar em um banheiro público.

Além disso, quando expostas à avaliação de terceiros, podem apresentar sinais de voz trêmula e gagueira. Ademais, outro sintoma presente nos quadros de fobia é o pessimismo excessivo, de modo que estejam sempre esperando que o pior irá acontecer.

Qual a diferença entre timidez e fobia social?

A timidez é um comportamento também associado ao medo de exposição. No entanto, é uma sensação controlável e que não incapacita o indivíduo a se relacionar socialmente e nem a exercer suas atividades rotineiras.

Ademais, diferente da pessoa com fobia social, o tímido apresenta ansiedade leve, não costuma desejar a fuga de uma situação, o desejo de aprovação está nos limites normais e dificilmente está monitorando o seu próprio comportamento.

Entretanto, a timidez, quando crônica e não controlada, pode se agravar e evoluir para uma fobia social. Para evitar essa evolução, a pessoa tímida precisa se aceitar, controlar os sintomas e tentar se expor a situações que lhe causam medo.

Outrossim, uma importante distinção entre os quadros diz respeito às situações em que os sintomas aparecem. Nos casos de fobia, o paciente tende a ser mais abrangente, relatando quase todos os momentos de interação social. Por outro lado, o tímido costuma ser mais específico com as situações em que se sente mal.

Enfim, a principal diferença entre as condições está na magnitude dos sintomas apresentados pelo paciente ao se expor a situações que teme. Porém, caso você tenha dificuldade em socializar, converse com um profissional de saúde mental para ser avaliado.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como psiquiatra em Lucas do Rio Verde!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp