Bipolaridade

5 sinais que podem indicar um quadro de bipolaridade

Diferente do que muitos imaginam, a alteração súbita de humor não é a característica predominante para o diagnóstico do quadro de bipolaridade, condição que acomete cerca de 6 milhões de pessoas no Brasil.

Quer conhecer os sinais que indicam um transtorno bipolar? Então, não deixe de ler este post. A seguir, explicaremos tudo o que você precisa saber a respeito desses sintomas.

1 – Alteração repentina na libido

A bipolaridade é um transtorno que afeta diversas áreas do organismo do paciente, como, por exemplo, a libido. As alterações variam de acordo com os episódios. Quando está na fase de eufória, há o desejo excessivo por relações sexuais.

Por outro lado, na fase depressiva, há o total desinteresse pela prática sexual. Neste sentido, é necessário saber como lidar com pacientes bipolares. Se faz necessário entender a situação e evitar uma postura agressiva.

2 – Mudanças de humor

Embora seja a característica do transtorno bipolar mais popular, a mudança repentina do humor não é suficiente para o diagnóstico. Além da simples oscilação, é necessário que essa alteração também seja frequente.

Ainda, para identificar uma pessoa bipolar, é preciso estar atento às mudanças de humor que, geralmente, são bruscas e extremas. Isso significa que o indivíduo irá alternar facilmente entre estados de alegria excessiva e de forte depressão .

3 – Perda ou ganho de apetite

O transtorno bipolar se caracteriza pela dualidade dos sintomas. Além disso, é uma condição que altera significativamente o nível de energia das pessoas. Por isso, podem estar muito bem dispostos em um dia e, no dia seguinte, estar completamente desanimados para realizar qualquer atividade.

Assim, o apetite também é alterado de acordo com o gasto energético. Quando estão em total estado de euforia, comem compulsivamente. Já nos estados de depressão, perdem o apetite. Esse comportamento pode ser percebido pelas variações no peso corporal.

4 – Alterações no sono

O quadro de bipolaridade também é capaz de afetar o sono das pessoas, variando de acordo com o estado mental. Na fase eufórica, o paciente fica muito agitado, tem menos horas de sono e diversos episódios de insônia.

Em contrapartida, na fase depressiva, os sintomas são contrários. Ou seja, ele tende a dormir por muito mais horas que o normal. Isso ocorre em decorrência do esgotamento físico e mental, comuns em quadros de depressão.

5 – Megalomania

A megalomania é um comportamento marcado pela autoestima desproporcional e pelo fascínio exagerado sobre si mesmo. Assim, o indivíduo se sente superior a outras pessoas, tratando-as com desprezo e considerando-as como seres inferiores.

Além disso, na megalomania, o paciente se recusa a acreditar que tem sentimentos de medo e insegurança. Dessa forma, tende a se defender com agressões verbais. Geralmente, esse sintoma ocorre nos episódios de euforia.

Então, com a leitura deste post, você conheceu um pouco mais sobre o quadro de bipolaridade e seus sintomas mais comuns. Portanto, caso perceba essas mudanças de comportamento em algum familiar, indique a avaliação de um profissional de saúde mental.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como psiquiatra em Lucas do Rio Verde!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp