bullying

Como identificar se meu filho está sofrendo bullying?

O termo bullying nunca foi tão utilizado e esse comportamento agressivo entre as crianças tem sido cada vez mais debatido por especialistas. Porém, os pais e responsáveis têm um papel fundamental na prevenção desta situação.

Contudo, nem todos sabem como identificar os sinais de que um filho está sendo alvo dessas agressões físicas e/ou psicológicas. Neste sentido, preparamos este post para ajudá-los a perceber esse problema o quanto antes.

Como identificar se a criança está sofrendo bullying?

A seguir, saiba quais sinais podem indicar que seu filho está sofrendo bullying.

1) A criança evita conversar em casa

Na grande maioria dos casos, as crianças vítimas de bullying dificilmente conseguem se abrir com os pais, seja por vergonha ou por achar que elas são as culpadas por sofrerem tal agressão. 

Dessa forma, um dos indícios que podem levantar suspeitas é a menor interação da criança com a família, evitando falar sobre a escola ou sobre os amigos e permanecer por muito tempo trancado no quarto.

2) Maior agressividade da criança que sofre bullying

Enquanto umas crianças se fecham e ficam mais introvertidas, outras tendem a se tornar mais agressivas. Isso porque, a vítima pode reproduzir o que ouve dos colegas e dos agressores, repetindo o comportamento deles.

3) Queda no rendimento escolar

Outro indício de que o seu filho pode estar sofrendo bullying é a queda no rendimento escolar e o desejo constante de se ausentar das aulas, sem motivos convincentes. Assim, os pais precisam ficar atentos a essa resistência.

Queixas de dores de cabeça e pedidos para retornar para casa mais cedo são sinais que devem iniciar uma investigação de bullying. Em alguns casos, a relutância da criança pode desenvolver sintomas físicos, tais como, pesadelos, transtornos alimentares, insônia e depressão.

4) Machucados e hematomas evidentes podem indicar bullying

Quando a criança sofre agressões físicas na escola, é normal que haja marcas no seu corpo. Por isso, os pais precisam estar atentos aos filhos, principalmente se a justificativa para um hematoma for algum acidente no dia-a-dia.

Além disso, para evitar que os pais descubram, as crianças tendem a se esforçar para esconder os hematomas. Assim, estão sempre vestindo roupas largas, que cobrem todo o corpo, mesmo nos dias mais quentes.

5) Roupas e materiais danificados

Um comportamento típico dos agressores é destruir ou danificar as roupas e/ou os materiais das suas vítimas, a fim de marcar território e promover o medo. Então, comece a notar se isso está acontecendo com seu filho, pois pode indicar algum problema maior.

6) Ausência das redes sociais

Embora pareça estranho, a ausência do seu filho nas redes sociais pode ser um indicativo de bullying, desde que o uso dessas plataformas tenha sido comum há algum tempo atrás. Isso porque, as agressões podem invadir a internet.

Ainda, são muitos os casos de cyberbullying. Assim, para evitar a perseguição do agressor e/ou os comentários ofensivos, o seu filho deixa de usar as redes sociais com a mesma frequência que antes.

Enfim, esses são alguns dos traços mais comuns relatados por pais de crianças que sofrem ou sofreram bullying em algum momento da vida. Portanto, esteja sempre atento ao comportamento do seu filho e a forma como ele se expressa dentro de casa.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como psiquiatra em Lucas do Rio Verde!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp