paralisia do sono

O que é a paralisia do sono?

Você já sentiu a desconfortável sensação de acordar e não conseguir se movimentar? O que parece ser um incômodo pesadelo é, na verdade, um transtorno chamado paralisia do sono e pode indicar problemas mais profundos.

Quer saber mais sobre essa condição? Então, não deixe de ler este post. A seguir, responderemos a todas as suas dúvidas a respeito do tema. Ficou interessado? Continue a leitura.

Entenda a paralisia do sono

A paralisia do sono é uma condição que ocorre quando o cérebro desperta, mas os músculos continuam dormentes. Assim, o indivíduo tem plena consciência do que acontece ao seu redor, mas não consegue se mexer.

Na maioria dos casos, o transtorno acontece quando há o despertar precoce durante a fase mais leve do sono, chamada de REM (sigla para movimento rápido dos olhos). Esse é o estágio onde temos os sonhos vividos.

Outro cenário em que a paralisia do sono costuma ocorrer é quando o corpo entra em estado de inconsciência durante o sono. Nessa fase, os músculos estão relaxados e só é possível movimentá-los quando passamos por essa fase de semi-consciência.

Assim, quando acordamos nessas situações, o cérebro inicia um processo automático de bloqueio dos neurônios motores, impossibilitando os movimentos. Esse mecanismo nos impede de transportar para o mundo real as ações realizadas nos sonhos.

O que causa essa condição?

A paralisia do sono é um transtorno associado a diferentes condições. Nesse sentido, uma delas é a narcolepsia, distúrbio do sono que provoca a sonolência excessiva durante o dia. Então essa é a causa mais comum.

Ademais, o problema também pode ter relação com quadros de ansiedade, depressão, estresse ou bipolaridade. Ademais, além desses transtornos mentais, a paralisia é comum em profissionais que tenham rotinas estressantes, como bombeiros, policiais e educadores.

Outrossim, a mudança de fuso horário em função de viagens, privação recorrente do sono, insônia, uso de certos medicamentos, abuso de substâncias ilícitas e mudanças contínuas de horários são situações que aumentam as chances de ter paralisia do sono.

O que fazer quando a paralisia do sono acontece?

A paralisia do sono é uma condição caracterizada pela repetição de episódios. Nesse sentido, conhecer as medidas para lidar com o problema é essencial. Assim, o primeiro passo é manter a calma e entender que a situação será normalizada em poucos minutos.

Além disso, como o coração dispara e as funções cerebrais estão funcionando, pode ser difícil controlar a respiração e a paranoia. Por isso, procure relaxar o corpo e lembre-se que é uma doença e não um acontecimento sobrenatural.

Como evitar a paralisia do sono?

Para evitar esse quadro, é fundamental adotar algumas estratégias que beneficiem o seu sono. Além disso, um profissional de saúde mental ajudará a entender a condição e o melhor tratamento para você.

Ademais, lembre-se de desligar os aparelhos eletrônicos antes de dormir, procure estímulos agradáveis como a leitura de um livro, mantenha uma rotina de atividades físicas e defina um horário específico para dormir.

Enfim, o objetivo é adotar todas as medidas possíveis para melhorar a qualidade do sono, reduzindo as chances de um episódio de paralisia do sono. Sendo assim, caso não perceba resultados, converse com um profissional de saúde mental.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Então, leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como psiquiatra em Lucas do Rio Verde!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp